7 Etapas fundamentais para otimizar o funil de vendas na sua oficina

Os consumidores estão mais exigentes e disso não temos dúvidas.
Como anda o funil de vendas da sua oficina?

 

Há alguns anos, quando a internet mal tinha se formado, o consumidor era quem procurava as empresas, utilizando o meio digital somente como apoio para buscas, como uma lista telefônica. O mundo era engessado, com pessoas engessadas e empresas engessadas. Isso acabou.

A revolução do consumo e o avanço da internet transformaram os consumidores tornando-os mais exigentes na busca por produtos e serviços. As marcas e suas comunicações precisam se reinventar para atender às necessidades de seus clientes e na oficina não é diferente.

Frente a todas essas mudanças, as oficinas e concessionárias precisam investir em estratégias de Inbound Marketing para conquistar e reter seus clientes através das fases do funil de vendas.

 

Se você não sabe muito bem o que é o funil de venda, tudo bem, a gente te explica aqui. 🙂

 

“O funil de vendas é um processo de marketing utilizado para acompanhar um cliente ou potencial cliente desde o momento em que ele toma consciência da solução vendida pela sua empresa até a decisão de compra. É um modelo estratégico que mostra cada caminho seguido por um consumidor, desde as suas necessidades até a hora de fechar a compra.”

 

O funil de vendas é dividido em 3 etapas: topo de funil, meio de funil e fundo de funil.

 

Para alcançar boas taxas de conversões é necessário construir e impulsionar cada fase do funil e esse é o grande desafio para todas as empresas. É necessário ter uma boa estratégia de Marketing Digital para a na geração de leads qualificados para o funil.

Sobretudo, apenas apostar no funil de vendas sem otimizar as etapas e acompanhar as métricas é jogar todo o esforço fora. O funil de vendas não é apenas gerar conteúdos e repassar os leads convertidos para o setor de vendas. Vai muito além disso.

É necessário otimizar todas as etapas do funil de vendas para gerar leads sempre mais qualificados e, assim, converter em vendas mais assertivas.

 

LEAD é o registro de cadastro de pessoas e empresas interessadas em um determinado produto ou serviço. São os potenciais clientes da sua oficina.”

 

Por isso, elencamos as 7 etapas fundamentais para otimizar as fases do funil de vendas da sua oficina. Vamos começar?

 

1) Mapeie a jornada de compras e defina os pontos-chave do seu processo de vendas

A primeira etapa para otimizar o funil de vendas da sua oficina é entender em qual fase se encontra cada potencial cliente da sua oficina.

É fundamental que o setor de vendas entre em contato com potenciais clientes para mapear suas necessidades, desejos e dificuldades. Isso fará você entender a jornada de compra dessas personas e conseguir seguir para a próxima fase.

Após esse processo, é essencial decidir os ponto-chave do processo de vendas, ou seja, os principais pontos de virada das fases do funil de vendas.

Para conseguir definir esses pontos-chave, avalie: Qual o momento que o lead descobre que precisa buscar uma solução? Ele consegue chegar a essa conclusão sozinho? Quais ações podem ser feitas para garantir que o lead atinja esse entendimento?

Isso fará você entender a jornada de compra dessas personas e conseguir partir para a próxima fase.

 

2) Implemente Landing Pages

Na primeira etapa do funil de venda tudo ainda é muito abrangente e diferentes públicos podem surgir – até quem não está interessado na sua solução – na boca do seu funil, já que ele está muito amplo.

Tendo isso claro, é preciso que você consiga “filtrar” esse público e chegar ao mais próximo de quem é, efetivamente, seu público-alvo, transformá-los em leads e, após, em possíveis clientes.

Para facilitar essa “peneirada”, aposte em landing pages. Basicamente, landing pages são páginas que disponibilizam algum benefício ou material rico, após identificar o visitante, onde será possível conhecer melhor quais usuários estão realmente interessados no seu serviço.

 

3) Forneça conteúdos ricos

A melhor maneira de conquistar o novo consumidor moderno é através da produção de conteúdos ricos e relevantes para conquistar a atenção e – por que não – o coração dos seus potenciais clientes. Agora já entramos na etapa de meio de funil.

No que diz respeito à conversão, essa é a etapa mais importante para reter e, possivelmente, converter, seu lead no funil de vendas. Então se pergunte: Como eu posso conquistar meus leads? Como posso impactar positivamente suas vidas?

Aposte em guias, infográficos, vídeos explicativos e e-books. O mais interessante aqui é o e-book pois, nesse formato, é possível oferecer muita informação e tornar sua oficina autoridade no assunto.

 

4) Qualifique seus leads

Um das etapas fundamentais para otimizar as fases do funil de vendas da sua oficina é a qualificação de leads.

Essa ação leva os potenciais clientes do meio para o fundo do funil, onde as chances de conversão dos leads são mais assertivas. É a chamada qualificação de leads.

Qualificar leads significa tomar decisões inteligentes baseadas nessa qualificação. É nessa fase que o time de vendas entra em contato com esses potenciais clientes pois têm grandes chances de fecharem negócios.

O objetivo aqui é que esse processo seja tão bem organizado que diminua o volume de contatos com leads frios, aqueles que não têm intenção de realizar algum serviço em sua oficina, e focar naqueles clientes que estão no melhor momento para você oferecer seu serviço.

 

Pense assim: Qual a média de tempo que um carro faz a revisão durante sua vida útil? Então, qual estratégia você usará para falar com esses donos de carro que logo terão que realizar algum tipo de serviço em sua oficina.

 

Identificar esses momentos fará com que você otimize seu tempo de trabalho e afunile ainda mais seu funil, fazendo com que sua área de vendas/atendimento consiga potencializa as taxas de conversão de negociações.

Ah! E é claro que a produtividade do seu time se tornará mais alta devido ao melhor aproveitamento da sua base de leads!

 

Mas como posso qualificar meus leads?
  • Analise os melhores clientes no histórico da sua empresa e perceber quais características eles têm em comum com alguns leads. Essa é uma boa maneira de definir quais os leads mais relevantes para a sua oficina.
  • Colha leads que têm potencial para se tornarem clientes, ou seja, aqueles que demonstraram interesse pelos seus produtos ou serviços. Esses leads devem ser encaminhados para o setor de vendas fazerem o show!

  • Identifique os leads que não têm perfil para se tornar clientes e descarte-os da lista de contatos do time de vendas e das etapas do funil da sua oficina.

 

Quanto mais rápido você conseguir deixar esse processo mais eficiente e organizado, mais conversões sua oficina terá!

 

5) O processo de geração de oportunidades precisa ser mais previsível

Qualificar a base e nutrir os leads que ainda não estão no momento de compra é tão importante quanto passar leads qualificados para seu time de vendas.

Nutrir seus leads com informações relevantes e personalizadas para eles é uma forma barata e eficiente de gerar oportunidades e manter o nível de trabalho do setor de vendas da sua oficina.

 

Lembre-se: a quantidade de leads gerados deve ser adequado ao número de integrantes da sua equipe de vendas/atendimento para que não haja perdas no caminho e estrague todo seu trabalho até aqui. Não desperdice seus leads.

 

Faça assim: Seu leads com maior potencial de realizar algum serviço em sua oficina devem ser encaminhados para os setor de atendimento/relacionamento, enquanto aqueles que ainda estão amadurecendo devem ser trabalhados pelo setor de marketing.

 

E você já deve estar se perguntando:

Mas como tornar esse processo de geração de oportunidades mais previsível?

  • Ofereça um conteúdo rico para aqueles leads que têm um bom perfil para se fechar um negócio, mas que ainda não demonstraram interesse pela sua empresa e comece um processo de nutrição com eles. Seja visto para ser lembrado.
  • Tenha sempre uma próxima etapa para nutrir os leads que entram nessa sua etapa do funil, evitando, assim, que eles percam o interesse pela sua marca. Seja visto, mas seja relevante.
6) Aposte em estratégias de fidelização

É a última etapa e seu lead chegou ao fundo de funil. Ao fechar seu primeiro negócio, é sinal de que o seu novo cliente teve suas dores sanadas ao longo do funil e que a solução da sua oficina estava alinhada às suas expectativas.

Mas ainda não acabou. Seu novo relacionamento só está começando. Agora que você já fechou sua venda, seu novo foco deve ser a fidelização para que seus clientes realizem novos serviços em sua oficina e indiquem sua marca para amigos e parceiros.

fidelização de clientes deve ocorrer ao fim das etapas do funil de vendas. Esse é um trabalho contínuo, que não pode acabar e que precisa ser realizado com a integração das áreas de vendas, sucesso do cliente e marketing.

Descontos, brindes exclusivos, clubes de fidelidade e pacotes de serviços são uma boa forma de garantir a satisfação e, consequentemente, a fidelização dos clientes novos clientes – e dos antigos – em sua oficina.

 

7) Facilite: Automatize as fases do funil de vendas

Antes decidir quais ferramentas de automação usar, faça um mapeamento prévio do seu processo de vendas para  entender quais funções e atividades podem ser automatizadas, como o envio de e-mails, por exemplo.

Para automatizar a gestão do funil de vendas, aposte em ferramentas próprias, como o Customer Relationship Managment (CRM).

Entender as etapas do funil de vendas é essencial para potencializar a aquisição de clientes na sua oficina ou concessionária. Suas ações de venda serão mais assertivas com um funil de vendas bem delimitado e estruturado.

Agora que você já sabe como potencializar as etapas do funil de vendas na sua oficina, inscreva-se em nossa newsletter e deixe nos comentários sua sugestão de conteúdo para escrevermos aqui também.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *